Welton Cardoso, filho natural de Bayeux, gestor ambiental, criador do Projeto Jardim Sustentável na cidade de Bayeux, onde ele transforma pontos de lixo em jardins sustentáveis, e coloca seu nome à disposição da população como pré-candidato a Vereador pelo Progressistas (PP), que defende o projeto do pré-candidato Diego do Kipreço ao Executivo Municipal.

Ele afirma que Bayeux está passado pelo maior momento de instabilidade política, onde Bayeux foi exposta nacionalmente, mas que tudo isso pode ser modificado através do poder do voto da população, que deve votar nos pré-candidatos que tenham propostas, serviço prestado e compromisso com Bayeux.

 Ao ser indagado sobre a culta deste momento de instabilidade, ele afirma que grande parte da culpa é dá atual legislatura, que está buscando atender seus interesses em detrimento da população, se faz necessário que a população veja a atuação parlamentar de cada Vereador, de cada candidato e julgue quais as melhores pessoas para representar a cidade.

Welton apoia a pré-candidatura de Diego do Kipreço ao Executivo Municipal, após todo um estudo dos postulantes, verificou que Diego reúne as características necessárias para transformar a cidade de Bayeux, melhorando a qualidade de vida da população.

Quando indagado sobre a eleição indireta, ele frisa que traz ainda mais instabilidade ao Município, pois qualquer mudança os serviços são paralisados, travando tudo, fazendo com que a cidade não se desenvolva.

Sobre o turismo, Welton afirma que não existe uma política de turismo em Bayeux, mas que será objeto de projetos, como a exploração turística da Mata do Xem-xem, hoje abandonada pelo Poder Público, do sistema manguezal, da ponte do Baralho, ou seja, uma política de visitação a esses pontos turísticos. O Aeroporto é de Bayeux, se faz necessário reunir as condições legais para fazer com que o aeroporto seja verdadeiramente de Bayeux, consultando a população para tal.

As comunidade carentes ocupam parte do território da cidade, como as comunidades ribeirinhas, do Mario Andreazza e do Rio do Meio, e merecem uma atenção especial, como o projeto da criação de uma unidade de políticas públicas que venham atender essa população, que oferte serviços essenciais e faça um estudo que venha a diagnosticar os maiores problemas sofridos por essa parcela da população e apresente soluções definitivas, afirma Welton.

Sobre o Mercado Público, parece que ele não tem jeito, devido a problemas de infraestrutura e limpeza, mas ele tem jeito sim, arremata Welton, fazendo uma reforma geral por etapas, melhorando assim a estrutura do mercado, a qualidade dos alimentos, melhorar os estacionamentos, adequar da forma correta o lixo produzido pelo mercado através de uma coleta eficiente, transformando assim o Mercado Público num centro comercial, com uma praça de alimentação, playground e outros atrativos, se faz primeiro um levantamento das necessidades e se vai fazendo de acordo com as prioridades.

A arrecadação é um assunto muito sério, se faz necessário fazer um planejamento bem feito, afirma Welton, por parte do Vereador deve haver a fiscalização, mas também atrair para a cidade novas empresas proporcionando assim mais empregos para a cidade, e para tal se faz necessário haver uma contrapartida municipal, melhorando assim a arrecadação municipal e proporcionando emprego e renda para a cidade.

Sobre o não repasse do INSS dos prestadores de serviço, como também do repasse do IPAM, é preciso fazer o levantamento e entrar com uma ação junto ao Ministério Público, pois se tirou do salário do servidor e não repassou, é crime de apropriação indébita, pontua Welton.

A saúde deve proporcionar um atendimento digno a população, e o Vereador deve fiscalizar os serviços de saúde, verificar se tem profissionais de saúde, se tem medicamento, que testando positivo covid19, a pessoa possa receber os medicamentos, valorização dos agentes de saúde por estarem mais perto da população, indo as casas, a Saúde deve ser prioridade, inclusive arremata Welton, que tem um projeto da marcação de consultas, exames e procedimentos através de aplicativos, possibilitando o acompanhamento pelo celular e evitando os arrumadinhos que sempre há na saúde.

O fiscal do povo foi um presente que recebi através da luta desde 2015 da reinvindicação de melhorias e reformas para a Praça do Sesi, onde era exibido um cinema na praça, por amigos e minha família, comenta Welton, onde na oportunidade foi feito um abaixo-assinado e a apresentação de um excelente projeto para aquela praça, como também em outras localidades da cidade, como na Rua Getúlio Vargas que liga o Rio do Meio ao Mário Andreazza, inclusive com a volta da circulação de ônibus, como no bairro do Baralho com uma operação tapa-buraco, bairro do São bento, o calçamento das ruas do Jardim Aeroporto, manutenção das praças e ações efetivas em todos os bairros.

O dever do cristão é participar da política, não se pode fazer como Pilatos e lavar as mãos, enfatiza Welton Cardoso citando o Papa Francisco, a política é maior ferramenta para modificar a cidade e a sociedade, pois justamente com ela podemos atingir o maior número de pessoas, como foi o projeto Jardim Sustentável em Bayeux e na Câmara poderei fazer mais projetos que atinjam mais pessoas, ajudando assim o meio-ambiente e transformando pontos de lixo em espaços de vivência, já utilizamos mais de 4000 pneus nesse projeto, e como Vereador usarei muito mais, fazendo com que esse projeto, como outros projetos sociais, culturais cheguem a todos os bairros da cidade. É necessário escolher representantes bem intencionados que vejam o coletivo e não os interesses particulares, e a luta por melhores condições de vida para a população de Bayeux é o que me anima a cada dia.

A comunicação entre o Poder Público e a população precisa melhorar muito, está chegando muito dinheiro pra pandemia e a população não está sabendo, se faz necessário que a informação chegue à população, exclama Welton. A sustentabilidade tem que ser uma realidade em Bayeux, a começar na proteção do mangue, evitando que dejetos sejam jogados na maré, esgotamento sanitário na cidade evitando a contaminação do mangue.

Sobre a importação de serviços, ele afirma que tem que se avaliar, o que a cidade oferece não precisa ir buscar fora, se faz necessário pessoas comprometidas com a população de Bayeux, é preciso que a população escolha representantes que amem a cidade, e que tragam benefícios para a cidade de Bayeux e valorizem o que é da casa, principalmente a comunicação da cidade, a prata da casa.

O funcionalismo público será defendido por Welton, o qual afirma que toda essa instabilidade política termina atingindo os funcionários, que são tratados como moedas de troca, precisando fazer acordos políticos para estarem no cargo, além de exonerações e demissões a cada mudança de prefeito. Se faz necessário pagamentos justos, defender os direitos do servidor, deixando as pessoas confortáveis para manter suas despesas. A respeito do IPAM, não é admissível o atraso dos salários dos aposentados, pois já contribuíram com a cidade e precisa ter tranquilidade e receber seus salários em dia.

Sobre o comércio de Bayeux, ele explica que já vinha passando problemas e com a pandemia vários chegaram a fechar, se faz necessário parcerias público-privadas que visem dar força ao comercio local, estruturar esse comércio, valorizando os comerciantes, rever a questão tributária para que a classe empreendera possa se reerguer, e além disso, investir na infraestrutura do comercio, melhorando assim emprego e renda em Bayeux.

A mobilidade urbana atinge praticamente 100% da população de Bayeux, seja qual for o meio de transporte, carro, moto, bicicleta, explica Cardoso, ele defende a construção de uma ciclovia na Avenida Liberdade, realizar estudos para implantação de semáforos na cidade, ajeitar os passeios públicos para possibilitar o trânsito de cadeirantes, dar suporte ao DMTRAN para que possa educar a população e sinalizar Bayeux com placas e demais ações que visem melhorar a possibilidade urbana em Bayeux.

Como fiscal do povo, Welton Cardoso reforça que Bayeux conta com um pré-candidato obstinado na luta por melhores condições para a cidade de Bayeux, da família bayeuxense, projetos que visem melhorar as condições de vida da população e com o desenvolvimento da cidade, com mais qualidade de vida.


Assista na integra:





Redação.

Deixe seu Comentário