Lenildo, mais conhecido como Lenildo da ONG, pré-candidato a Vereador na cidade de Bayeux pelo Progressistas, partido que tem o pré-candidato Diego do Ki-preço ao Executivo Municipal.


Ele acredita que o mandato foi árduo nessa legislatura, mas ele afirma que os vereadores fizeram um juramento e precisam cumprir que é justamente levar melhores condições de vida para o povo de Bayeux.
Lenildo enfatiza que todos somos irmãos perante a lei de Deus e a humanidade, devemos ter amor ao próximo, e decidi entrar na politica justamente pelo fato de amar ao próximo, devemos fazer o melhor pelas pessoas, e isso é o maior sentido do cristão, e eu sentando naquela cadeira vou honrar tudo o que eu estou falando.
Sobre os funcionários públicos, eles são a grande moa de todo município, afirma Lenildo, eles não podem sofrer ao chegar no final do mês e não saber se o salário estará na conta ou não, o respeito ao funcionalismo publico é honrar com o compromisso que foi assumido com ele.
A escolha pelo projeto de Diego do Ki-preço, veio através de muito diálogo e também pela indicação dos amigos Claudio e da Vereadora de João Pessoa Eliza Virginia, e também pelo fato de que através do PP podemos ampliar os projetos da ONG, e meu maior objetivo é ajudar as pessoas.
Falar de cultura é um prazer imenso e tem muito haver com minha origem, enfatiza Lenildo, iniciei minha vida cultural e artística junto com Isaac Silva, Carlos Santos, tenho minhas raízes voltadas para a cultura, e através da minha instituição como da minha empresa, vejo que tem muita que podemos trazer para Bayeux. E vamos fazer projetos para que venham recursos para a cultura de nossa cidade, já existem esses projetos a nível nacional e só vamos fazer o projeto para trazer para Bayeux.
Sobre comércio, como empresário, vamos fazer projetos de incentivo fiscal para fomentar a economia e gerar empregos e renda com a vinda de novas empresas, fazendo aumentar a arrecadação municipal, pois o principal é beneficiar a população, explica.
Estamos ampliando as atividades do nosso projeto para outros bairros da cidade, com expansão de atividades, como a escolinha de futebol para crianças com idade escolar em quatro bairros da cidade, tudo gratuito para a população pois a nossa instituição é sem fins lucrativos, e meu projeto pessoal é para que o nosso projeto chegue em todos os bairros.
O esporte será uma das bandeiras de luta de Lenildo da ONG, com as escolinhas de futebol para crianças no Poeirão do São Bento e no Alto da Boa Vista, e é possível resolver os problemas dos campos da cidade, precisa ter um olhar técnico, o nosso Estádio está abandonado mas tem condições de jogo, mas pode abrigar campeonatos sub15 e sub17, estamos intermediando isso junto a Liga de futebol de Bayeux e Federação Paraibana de Futebol.
Para Lenildo, os políticos têm que pensar em política, no melhor para a população, as obras iniciadas devem ser concluídas independente de quem tenha iniciado, não podemos admitir politicagem que é o beneficio próprio. Recentemente fui a Brasília e consegui recursos para a construção e reforma de três praças e que ele está em contato com a Prefeitura para oficializar o pedido, mesmo ele sendo oposição a atual gestão, mas o interesse coletivo e o beneficio para a população tem que vir em primeiro lugar.
É primordial que seja feito um concurso público, mas com uma empresa séria, que possa corresponder as expectativas da população, pois já resolve a situação do IPAM, aumentando a arrecadação e também uma forma de diminuir o número de prestadores de serviços, e proporcionar através do concurso uma chance deles sendo aprovados, conseguirem sua estabilidade, arremata.
Sobre o Mercado Público de Bayeux, ele defende que seja feita uma reforma, mas primeiro precisa conversar com as pessoas, ver qual seria o melhor projeto, depois colocar a feira num local provisório e iniciar a reforma, mas tudo tem que ser planejado com o consenso, principalmente dos comerciantes do mercado, precisa que o Poder Público dialogue com os comerciantes do mercado para chegarem a um projeto ideal para o Mercado.
O transporte público deve atender a todos os bairros, afirma Lenildo, inclusive voltando a atender o bairro do Baralho já tão carente de serviços públicos, e possam chegar a todos os lugares da cidade, está na hora de reativar o transporte coletivo municipal.
Estamos lutando para trazer o PELC com dez polos para Bayeux, o Circuito Cultural de Artes, projetos de educação, de lazer, essas são nossas bandeiras, mas tudo com projetos técnicos, buscar recursos para fazer a diferença na cidade, enfatiza Lenildo.
O Rio do Meio é outro bairro que precisa ser contemplado com transporte público, inclusive precisa de uma obra que resolva aquela descida de água que vem da Colônia Getúlio Vargas e escoa na Rua que liga o bairro ao Mario Andreazza, se faz necessário todo um estudo que vise resolver o problema de vez, para que o bairro volte a ter uma via de trânsito eficaz, afirma.
Para os jovens, estamos aumentando os nossos projetos para inclusive trabalhar com capacitação profissional, com o aumento dos projetos vamos proporcionar um maior número de vagas e espaços, e inclusive buscar parcerias para o trabalho de menor aprendiz com empresas, através da alocação de verbas federais para esse processo, arremata.
Sobre a instalação de subprefeituras, Lenildo acredita que o Mario Andreazza abrigaria uma subprefeitura, devido a ser o bairro mais populoso da cidade e a subprefeitura seria uma forma do Poder Público ficar mais perto da população.
A Guarda Municipal é uma instituição que merece respeito e a questão do armamento da Guarda é um direito adquirido por lei, mas se faz necessário fazer estudos e um plebiscito para saber sobre esse tema, pois não adianta só armar a Guarda Municipal se não preparar a pessoa que está irá portar a arma, isso é primordial.
Se Bayeux quer um Vereador disposto, que vise projetos reais, que possam ser concretizados para jovens, cultura, esporte, enfim, projetos que visem a melhoria da qualidade de vida dos bayeuxenses, contem com Lenildo da ONG, que tem como maior objetivo continuar trabalhando pelo povo, por melhores condições para a população, o interesse coletivo tem que estar em primeiro lugar e tem que vir antes do interesse particular. 


Confira o Vídeo na Integra:


 

Redação.

Deixe seu Comentário