A escolha de um candidato a Prefeito e Vereador, é uma decisão extremamente necessária, e deve ser muito bem refletida, afinal, é através do voto, que o eleitor elegerá, aqueles que irão conduzir a administração pública durante o período de 4 anos. Pensando nisto, a Rádio Auge, através do Programa “Fome de Política”, vem realizando diversas entrevistas com os candidatos aos cargos municipais na cidade de Bayeux, a exemplo do  Capitão Sena, que devido a toda uma trajetória em prol do bem estar do povo, coloca seu nome na disputa a Prefeito de Bayeux ao lado do seu vice, Capitão Jaerson Alves, pelo Patriotas.

          Luiz Alberto Silva de Sena, mais conhecido como Capitão Sena, tem 47, nascido e criado no bairro do Sesi, em Bayeux, possui Bacharelado em Direito, Especialização em Segurança Pública e formação em Teologia. É cristão conservador, casado com Valdira Sena e pai do Gabriel, Laura e Júlia. Conta com a experiência como  Secretário de Segurança Pública na cidade de Conde. Em Bayeux, idealizou o “Projeto Recomeçar”, um espaço  criado para reabilitação dos dependentes químicos na região. Viajou por diversos países, tais como:  Inglaterra, Egito, Israel, Bolívia, Chile e Estados Unidos, dentre outros; trazendo além da bagagem cultural, tudo o que há de mais moderno e inovador, como exemplos a serem implantados na cidade.

           Com a candidatura já registrada, o Capitão Sena, mostrou-se satisfeito por ter feito uma pré-campanha propositiva e aberta ao diálogo, lutando sempre por uma causa limpa e contra a corrupção, dentro dos princípios da legislação eleitoral e de acordo com as medidas sanitárias, visto que ainda estamos diante uma pandemia. O candidato expressou o desejo de “mudar de verdade” o município de Bayeux, para resgatar a dignidade, autoestima e confiabilidade dos bayeuxenses. O militar acredita que com o plano de governo, desenvolvido por sua equipe multidisciplinar, pode administrar e desenvolver uma das maiores cidades da Paraíba nas mais diversas esferas: Nossa querida e amada Bayeux.

 

           O Capitão Sena afirma que a pasta da Saúde será a prioridade de sua gestão: “A saúde da nossa cidade precisa passar por um processo de restauração operativa, com um olhar clínico, para que venha ter uma atenção maior por parte dos especialistas. Temos a preocupação com a melhoria do que já existe, como as Unidades Básicas de Saúde (UBs) de qualidade, com agendamentos para reduzir a espera nos atendimentos. Nosso projeto vai priorizar a capacitação contínua e valorização dos profissionais de saúde, na motivação daqueles que desenvolvem essas atividades, pagando seus salários em dia”, concluiu. O candidato propõe a instalação de uma UTI Neonatal no Hospital João Marsicano. Seu plano de governo, também inclui potencializar o atendimento da UPA, para que passe a atender os casos de baixa, média e grande complexidade, contando com um bloco cirúrgico destinado aos enfermos. Propõe ainda recuperar o antigo São Domingos e transformá-lo em um Hospital Municipal, destinado às cirurgias eletivas, aumento de especialidades e potencialização dos equipamentos ofertados à população. O capitão Sena, fala sobre a criação de uma "Central de Monitoramento", para que as unidades do Samu atendam toda a população de forma mais estreita e descentralizada.

 

 

          Quanto à distribuição de medicamentos, o Capitão Sena, solucionará a problemática através de uma “Farmácia Popular”, que contará com a criação e abastecimento de um banco de dados, junto à Secretaria Municipal de Saúde, para que os usuários de remédios controlados, recebam os medicamentos em casa, por meio dos agentes de saúde. Falando sobre os idosos, prevê a criação do “Centro de Convivência Permanente para o Idoso”, espaço que ofertará um acompanhamento psicológico e social, para atender e oferecer o melhor tratamento aqueles que tanto contribuíram pela cidade de Bayeux.

           Em relação a Educação, o Capitão Sena adere a iniciativa do governo federal que visa implementar a “Escola Cívico Militar”, um modelo desenvolvido para promover a melhoria na qualidade da educação básica no país. Segundo o Ministério da Educação: “Entre as premissas dos programas estão a contribuição para a melhoria do ambiente dos profissionais de educação e para a redução dos índices de violência, da evasão, da repetência e do abandono escolar”, relata o portal do MEC. Alinhado as novas escolas, o candidato também visa a instalação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à violência, o PROERD, com ênfase na prevenção ao uso de drogas e combate à violência entre nossa juventude.

          Referente ao Comércio, o Capitão Sena, contou que será feito um estudo para disponibilizar  uma “Linha de Crédito”, destinado ao micro e pequeno empreendedor, com a finalidade de estimular o comércio, gerar emprego e renda, assim como maior movimentação da economia com a arrecadação de impostos. No seu mandato, caso eleito, irá enxugar a máquina, conter despesas, reduzir gastos municipais, para uma sobra de recursos.

          Indagado sobre a Segurança Municipal, o Capitão Sena, sinaliza que sua gestão fará uma capacitação da guarda municipal em cursos contínuos. Lutará ainda para que novas viaturas locais sejam adquiridas e que a categoria tenha sua devida valorização. Caso eleito, criará uma “Central de Monitoramento”, que servirá para acolher a população de forma rápida e eficaz, contando com uma guarda armada, pujante e padronizada tanto no fardamento, quanto no atendimento das demandas. Afirma também que, caso seja necessário, realizará um concurso, para reforçar ainda mais a guarda e equipará-la aos de grandes centros.

             Nas considerações finais, o candidato agradeceu o espaço concedido na Rádio Auge e ressaltou a importância das entrevistas realizadas no Programa “Fome de Política, apresentado pelo Radialista e Apresentador Márcio Paz. Agradeceu a população pelo apoio e reafirmou o compromisso de resgatar Bayeux da corrupção e devolver a governabilidade que a cidade merece. Mostrou-se confiante e preparado para realizar a mudança que nossa querida e sofrida Bayeux espera.


Assista o vídeo na Integra.







Redação.

Deixe seu Comentário