Com a intenção de tornar o debate político ainda mais participativo e democrático,  a Rádio Auge, por meio do Programa “Fome de Política”, recebeu na tarde de hoje (14), o candidato a vereador pelo PC do B, Anderson Oliveira  (65000), que coloca seu nome à disposição para representar a população na Câmara Municipal de Bayeux. Anderson Oliveira Fernandes, 29 anos, formado em Direito (ASPER), nascido e criado em Bayeux, cresceu no bairro da Imaculada. É pai de Andrielly e da Andreza. Trabalha desde os 11 anos, já foi feirante, vendedor e microempresário. Atualmente, é presidente da Associação dos moradores do bairro de Tambay e através de suas propostas e projetos, acredita que pode construir um futuro mais austero e próspero para nossa cidade. 

                   Sobre sua campanha, o candidato começou dizendo: “Sou um sonhador. Uma pessoa que viu a necessidade de pessoas, que querem fazer o bem para nossa cidade, que querem realmente construir uma política social àqueles que mais precisam. Esse sentimento de querer ser vereador foi crescendo quando eu estudava Direito na Faculdade, e fui me aprofundando em direito eleitoral, por isso coloquei meu nome à disposição, contando com todos os que querem a reconstrução da nossa cidade”, falou. Anderson Oliveira continuou dizendo que está com o Dr. Francisco (65), pois acredita que o projeto do candidato a prefeito, está alinhado com suas propostas em prol do bem estar social e qualidade de vida dos bayeuxenses. 

                   Indagado sobre como será o seu mandato, Anderson Oliveira diz: “Nosso mandato será pautado em três pilares, saúde; educação e juventude. O melhoramento da nossa saúde é primordial, tem que ser uma bandeira permanente, não podemos relaxar. Precisamos avançar na nossa educação, na estrutura física de nossas escolas, na valorização dos nossos professores, no melhoramento das aulas dos nossos alunos. Na juventude, pretendo atuar na ajuda quanto a oportunidade do primeiro emprego e em qualificação”, concluiu.

                    Questionado sobre os projetos para o Esporte e praças de nossa cidade, o candidato respondeu: “Precisamos ter uma política de reestruturação das nossas praças, isso é evidente. Nesses quatro anos de desgoverno, os gestores que aqui passaram só fizeram uma maquiagem. Agora que estamos no pleito eleitoral, está se fazendo uma limpeza na cidade, completando a maquiagem. Nossas praças têm que ser usadas para o esporte. Temos aqui uma associação de skatistas de esportes radicais na cidade, que nunca foi contemplada. Precisamos que nossas praças tenham uma pista de skate, uma praça que tenha espaço para fazer cooper, brinquedos para as crianças, nós podemos fazer, basta querer. Precisamos iluminar nossas praças”, disse. O candidato continuou sua fala dizendo que um dos projetos que quer concretizar na cidade é que os guardas municipais se façam presentes nas praças, com a estrutura devida, oferecendo conforto e segurança aos bayeuxenses. 

                        Quanto aos funcionários públicos, Anderson diz: “Os funcionários públicos precisam urgentemente serem valorizados. Existe reclamação de décimo terceiro, terço de férias que não são pagos. Como podemos ter uma gestão humanizada se o povo não é valorizado? E não é valorização com tapinha nas costas, é incentivo com qualificação e gratificação. A recompensa em elogios é muito importante, mas a valorização do funcionalismo público será uma das bandeiras do nosso mandato”, finalizou.

                    Perguntado sobre a imprensa de nossa cidade, Anderson Oliveira foi enfático: “Nunca vi oportunidades para nossa imprensa, eu não vejo a prefeitura fazer nenhum tipo de incentivo. Acredito que temos pessoas qualificadas. Precisamos trazer estes profissionais para fazerem as matérias da prefeitura, nós não podemos importar profissionais de fora, nós temos pessoas qualificadas em todas as áreas”, ressaltou.

                  No que se refere a Educação, Anderson Oliveira enfatizou: “Precisamos criar um corpo gestor para nossa educação. Temos que colocar pessoas com a qualificação necessária, não podemos criar cabides de emprego, nas áreas que mais necessitam de técnico, que sejam capacitados para resolverem a problemática da nossa educação. É uma área primordial que precisamos reconstruir urgentemente, para dar a melhor educação para nossa cidade”, afirmou.

                      Sobre o Comércio, Anderson Oliveira disse: “Acredito e defendo ferrenhamente que nossos microempresários tenham o suporte técnico para dar acolhimento a esse pessoal. Hoje temos uma grande parcela de autônomos informais. A prefeitura precisa ter um corpo presente para quem quer se formalizar. Outro ponto importante é desburocratizar a abertura de empresas na cidade. Acredito que podemos colocar uma taxa única e simbólica para os cidadãos. Precisamos de um suporte técnico e meios de capacitação, para quem quer empreender e abrir seu primeiro negócio. Isso é fácil, basta dar o primeiro passo e mostrar aos bayeuxenses que eles não estão sozinhos”, finalizou.

                     Quanto ao Mercado Público, o candidato afirmou: “Sou filho do mercado, sei das necessidades da nossa feira. Nossos comerciantes precisam de uma estrutura e padronizar o mercado em alvenaria, respeitando a individualidade de cada comerciante e o coletivo. Necessitamos oferecer mais qualidade de trabalho para eles e melhor higiene para os nossos alimentos. Com a revitalização vamos trazer tudo isso, deixar tudo bonitinho, cobrir a feira para não acumular lamas”, ressaltou. Ainda sobre o mercado público, Anderson Oliveira prevê a criação de uma linha de crédito, para dar o aparato necessário aos feirantes. O candidato afirma que os feirantes carecem de um olhar especial, pois são aqueles que geram renda e movimentam a economia da cidade.

                     Sobre a Instabilidade política do município, Anderson Oliveira foi enfático: “Não tivemos gestão, tivemos brigas de poder pelo poder, mas é uma realidade. Existiram grupos que estavam no poder e outros que estavam ao redor, querendo chegar ao poder. Sempre existiu uma briga interna, eles queriam o poder, mas não estavam preparados. Entrou gestor, saiu gestor e nada foi feito, não tivemos políticas públicas e se continuar assim não vai existir”, criticou. O candidato relatou ainda que foi convidado para participar das gestões, porém recuou pois disse querer estar em projetos onde a população seja beneficiada. Falou ainda que os atuais gestores não estão preocupados com o povo, mas com os próprios bolsos, junto aos respectivos familiares. Ressaltou que nossa cidade não aguenta mais, pois todos na Câmara Municipal, foram omissos em alguma parte da gestão e a cidade de Bayeux está   sendo sugada. Na oportunidade, fez um desafio, propôs que a população reeleja apenas os vereadores que fizeram obras, cobraram e obtiveram a concretização de projetos em seus mandatos. 

                        Quanto ao esporte Anderson Oliveira disse que o campo Lourival Caetano é a maior obra incompleta da cidade e que pretende utilizar o espaço com a volta do campeonato e torneio de bairro. Mostrou-se indignado com a taxa que os atletas precisam pagar para treinarem no local: “Nossa cidade tem que ter um campo bonito e organizado. Pretendo que resgatemos o campeonato da cidade, para que possamos representar o município na segunda divisão do Campeonato Paraibano”, finalizou. O candidato também ressaltou a importância das escolinhas de futebol, mas que não tem suporte. Caso eleito, Anderson Oliveira irá apresentar projetos em prol de melhorias na área. 

                      Quando indagado sobre a criação de uma subprefeitura, o candidato respondeu: “Bayeux não precisa disso, mas sim de pessoas que trabalhem e queiram melhorar nossa cidade, com a criação de Policlínicas, de um Hospital Geral com maior estrutura. Até porque subprefeitura traz cabide de emprego e sou contra inchar a folha. O grande problema não é falta de dinheiro, mas pessoas que querem trabalhar e fazer nossa cidade girar e crescer com as pessoas de Bayeux”, concluiu. 

                       Na oportunidade, o candidato mostrou-se indignado mais uma vez, com a atual situação política de nossa cidade: “A saúde é o principal pilar de toda sociedade. A vida é o nosso bem mais precioso. Queria que em nosso país tivesse eleições anuais. Pode ver que agora apareceu um mutirão de cataratas, de ultrassonografias. Por que não fazem guando ganham? Por que fazer nosso povo sofrer por três anos, para puder liberar as coisas? Precisamos sim, de pessoas que queiram de verdade ajudar e melhorar a saúde, que olhem e sintam na pele o que o novo posso sente. Não tivemos ações eficazes para combater o Novo Coronavírus e isso foi uma falha tremenda”, disse o candidato. Quanto às cirurgias eletivas, Anderson Oliveira enfatizou que nosso povo vive à míngua, batendo na porta dos hospitais de João Pessoa e Santa Rita, em busca de cirurgias e sofrendo peregrinação até receberem o atendimento devido. O candidato diz que não pode deixar o povo ser humilhado e que é preciso criar um mutirão de exames, centro de imagem de tomografia e ressonância para dar um aparato mais digno aos que mais carecem.  

                  Quanto aos jovens ociosos, Anderson Oliveira disse: Sabemos que todas as vagas de emprego no Sine, precisam de experiência. Como o jovem vai ter experiência, se saem do Ensino Médio aos dezessete, dezoito anos? Aqui na Prefeitura Municipal não é oferecido cursos de capacitação, nenhuma qualificação, indagou”. O postulante a vereador prevê, junto ao candidato a prefeito, Dr. Francisco, o Qualifica Bayeux, um projeto voltado para que os jovens terminem o ensino médio, façam uma prova seletiva e sejam contemplados para trabalhar um ano na prefeitura e saírem qualificados para o mercado de trabalho.

                      Já sobre o Turismo, o candidato vislumbra os locais que podem atrais os turistas, como por exemplo, a contemplação do pôr do sol no Baralho, contando com a revitalização do bairro, instalação de quiosques, venda. Anderson Oliveira também ressaltou a beleza do nosso manguezal, que vai do ponto da casa branca até o rio parueira.O candidato visa resgatar o CarangaFest, a corrida do Caranguejo, criar áreas de alimentação no evento, e trazer o famoso “I love you Fusca”, evento conhecido a nível estadual, para fomentar nosso turismo e elevar a economia com maior geração de emprego e renda.

                         O candidato Anderson Oliveira, número 65000, mostra ter visão e confiança para fazer um bom mandato em todas as áreas da cidade. Sobre o armamento da guarda, o candidato diz que para isso é preciso haver uma capacitação da categoria e distribuição dos guardas em pontos estratégicos da cidade. Quanto à comunidade LGBTQIA+, Anderson ressalta que não se pode haver distinção de cor, raça, ou gênero, e caso eleito, irá dialogar, tratar com respeito os integrantes de tal comunidade, dando-lhes uma atenção especial às necessidades por eles vividas. 

                       Em suas considerações finais, Anderson Oliveira agradeceu ao Radialista e apresentador do Programa “Fome de Política”, Márcio Paz, bem como a todas as pessoas que interagiram mandando perguntas e mostrando apoio ao seu projeto. O candidato disse ser um homem sonhador, que irá batalhar para mudar a cidade. Caso eleito, visa construir projetos participativos e inclusivos, voltados em prol do povo. Anderson reafirmou o compromisso de querer caminhar junto à população, a fim de renovar a autoestima dos munícipes e pediu que a cidade não reeleja vereadores de mandato, pois Bayeux precisa dar vez e voz aos bons nomes que estão na disputa, para ocupar à Câmara Municipal e juntos fazerem a cidade voltar ao rumo do crescimento, desenvolvimento, prosperidade e esperança que a população merece.



Redação.

Deixe seu Comentário


Maria Aparecida - 15/10/2020 08h38
Uma das entrevistas mais bem estruturada e firme que ja assisti.bayeux precisa se renovar.e dar oportunidade para quem realmente quer mudar nosso destino.vota certo BAYEUX. Anderson Oliveira 65000