Seguindo o calendário de entrevistas com os candidatos a vereador na cidade, a Rádio Auge, recebeu na tarde de hoje (3), Givanildo Rufino, Nado da Imaculada e Ricardo Pereira, representantes do Partido Verde (PV), que defendem o projeto “Bayeux contra a corrupção”, liderada pelo candidato a prefeito Capitão Antônio. O objetivo dos questionamentos é começar a mostrar a população, quem são e o que fazem os propensos postulantes aos cargos eletivos nestas eleições municipais, e assim, proporcionar mais informações aos eleitores, tendo em vista que são eles os responsáveis por eleger nossos representantes.
        O primeiro entrevistado foi Givanildo Estevão Rufino, 47 anos, nascido e criado em Bayeux, casado e pai da Evelyn, Ellen e Isaque. Trabalha como gerente de loja e, enquanto cristão, desenvolve ações para aqueles que mais necessitam. Neste ano, coloca seu nome à disposição para ocupar uma vaga na Casa Severaque Dionísio.
      Perguntado sobre como se sente após o registro da candidatura, o candidato respondeu: “Sabemos a dificuldade de registrar uma candidatura, mas quando se tem amor, tudo dá certo, confiando em Deus, e naquilo que se propõe a fazer. Tudo deu certo, registramos nossa candidatura. Sei que nossa cidade tem jeito e vamos à luta, dia 15 teremos nossa vitória.
      Em relação à Saúde e os projetos para os idosos, o candidato respondeu que os idosos precisam de cuidados, pois são eles quem nos orientam e devem ser espelhos como exemplos a serem seguidos pela nossa juventude quem faz o futuro. O candidato enfatiza: “Nosso projeto é cuidar dos idosos, ajudar e ampliar Ongs, dar uma boa assistência e oferecer os remédios na porta de casa. Cuidar, o capitão Antônio sabe fazer isso e com certeza, a gente como vereador vai lutar para cuidar dessas pessoas”, afirmou.
        Indagado sobre como cobrará as obras inacabadas, o candidato afirmou: “ Todas as obras eu estão estagnadas, independente de quem começou a obra, temos que pensar nas pessoas que estão precisando nas áreas de Educação, Segurança, Lazer,Iinfraestrutura. Temos andado nos quatro cantos da nossa cidade e observamos várias obras paradas, mas estamos aqui para trabalhar em favor dessas obras serem concluídas”, afirmou..
     Quanto à Segurança no município, Givanildo Rufino afirma que não foi à toa que Bayeux pensou nessa área, quando trouxe um Capitão da Polícia Militar para cuidar da nossa cidade. O candidato diz que, com certeza, junto ao Capitão Antônio, está preparado para cuidar da segurança e vai trazer a preparação necessária, para que os guardas municipais atuem da melhor maneira possível em prol da população.
         No que se refere ao empreendedorismo, Givanildo Rufino respondeu: “Eu tenho 27 anos de comércio e sei como funciona, sei como chegar às portas. Iremos trabalhar nessa área de empreendedorismo. Sabemos que Bayeux é uma cidade rica em todos os sentidos. Se nós trabalharmos com dignidade, amando, respeitando as pessoas e fazendo aquilo que se deve fazer na cidade, com certeza, Bayeux terá outra história, outro rumo e teremos pessoas que só precisam de oportunidades, para fazerem o que sabem de melhor”, concluiu.
      Sobre o seu mandato, caso eleito, o Givanildo Rufino disse: “Nada sai bem feito sem uma gestão transparente. Vamos ter uma gestão ética, conto com sua ajuda, a ajuda de sua família, para que juntos possamos trabalhar em prol do povo e isso se estende ao funcionalismo público, que deve ser olhado com respeito, verdade e honestidade.
     Indagado sobre suas propostas: “Um dos nossos projetos será fazer Ongs para tirar as crianças que vivem nas ruas, onde os pais possam deixar os filhos na creche para irem trabalhar. Vamos ter uma casa de apoio, uma Ong.
      Nos agradecimentos finais, o candidato agradeceu pelo espaço concedido no Programa Fome de Política e todos os eu participaram da entrevista. Ainda afirmou: “Nós estamos trabalhando dia a dia, indo na casa das pessoas, abraçando os cidadãos de Bayeux O Deus que mostra a sujeira é o Deus eu dá a vassoura pra limpar. Iremos varrer a sujeira da cidade trazer dignidade e respeito que o povo precisa. No dia 15 de novembro vote certo Givanildo Rufino 43777, o vereador da gente e Capitão Antônio 25. Conto com vocês”,  finalizou.



         O segundo entrevistado da tarde foi Josenaldo Florêncio Honorato, mais conhecido como Naldo Da Imaculada, 42 anos, pai de Lorrane e Pietro, nascido e criado em Bayeux vigilante municipal concursado e ex funcionário do Sine. É candidato a vereador pelo PV,
       Quando perguntado sobre a Segurança Pública, o candidato disse: “Vejo a necessidade da guarda municipal ser armada, porque a polícia em si, não está dando conta de segurança adequada para os nossos munícipes. A gente precisa que a guarda municipal esteja armada, porém necessita de toda uma preparação, com cursos e infraestrutura no próprio departamento da guarda. A guarda municipal tem todo o meu apoio na questão de armamento. Vamos trabalhar para valorizar o funcionário púbico municipal; ou seja, vigilantes, guardas municipais, agentes de trânsito, e em todas as áreas do município, vamos incentivar as melhorias no funcionalismo público”. Concluiu.
           Perguntado sobre a imprensa da cidade, o candidato falou que é preciso formalizar um projeto aprimorado para incentivar a classe. Visa também a instalação de ondas em FM, com a finalidade de elevar a imprensa e comunicação no município.
       Questionado sobre o IPAM, o candidato respondeu: “Não há outro incentivo a não ser um concurso público para todas as áreas. Não adianta poucos funcionários efetivos, recolher do IPAM e muitas vezes o gestor não repassa para instituição e esse é o dever do prefeito. Aposentados e pensionistas, esses que deram todo seu trabalho e tem uma vivência de mais de 40 anos de serviço na cidade e hoje estão inativos. Eu tenho esse projeto e vou fiscalizar pedindo que os valorize e tenham uma responsabilidade maior e receber os pagamentos em dia”, afirmou.
          Quando indagado sobre a exportação de funcionários, Naldo Da Imaculada enfatizou: “Falta responsabilidade, respeito e humanização pelos nossos munícipes. Para o prefeito ser eleito, não foi atrás de voto em Santa Rita, Cabedelo e João Pessoa foi atrás de voto nos bairros da cidade. Bayeux é uma cidade rica de pessoas capacitadas. O Capitão Antônio em nossas reuniões que vai valorizar o funcionário, o povo de Bayeux”, ressaltou.
          Sobre o trânsito, Naldo da Imaculada diz: “A mobilidade urbana está precisando ser colocada em prática urgentemente. Precisamos abrir vias paralelas para eu os carros saiam e tenham outras opções de circularem. Bayeux, quando chega as 16:00hrs o trânsito começa a travar, na área do Hospital Materno, e não se consegue cumprir com os compromissos pontualmente, por causa do trânsito. Então tem que abrir vias paralelas, se for preciso indenizar casas  para abrir espaço e asfaltar ruas para uma mobilidade urbana mais adequada na cidade”, concluiu.
            Quanto à educação, o candidato diz que a cidade precisa de força, vontade e responsabilidade. Defende ainda as escolas em tempo integral, ou seja, elas implementam a extensão do tempo em turno e contraturno escolar- durante metade de um dia letivo os alunos estudam as disciplinas do currículo básico, e o outro período é utilizado para aulas ligadas às artes ou esporte.         
           Em suas considerações finais, o candidato agradeceu pelo espaço no programa Fome de Política e conclamou os ouvintes: “No dia 15 de novembro, convido você bayeuxense a mudar. Vote no prefeito Capitão Antônio 25, que quer fazer o melhor pela cidade, fazer a cidade avançar e ter um progresso muito melhor do que a gente viu. Não se esqueça de votar no vereador Naldo Da Imaculada, levando o nome e mostrando o seu potencial para fiscalizar, apresentar projetos. A juventude, o idoso, o adolescente de Bayeux, precisa dar um voto de confiança a Naldo da Imaculada 43234, Bayeux só tem a ganhar”, finalizou.
 
 
         

 Redação.

Deixe seu Comentário