A Policia Civil revelou durante coletiva de imprensa no final da manhã desta segunda-feira (14) que dois suspeitos estão sendo investigados de terem arquitetado e executado o ex-prefeito de Bayeux, Expedito Pereira.

O Dr. Vitor Melo, delegado titular da Delegacia de Crimes Contra a Pessoa – (DCCPES),  disse que um dos suspeitos já está preso, enquanto o outro deve prestar depoimento nas próximas horas.

A polícia apresentou a imprensa a camisa usada pelo executor durante o assassinato e que foi descartada pelo criminoso algumas ruas a frente de onde ocorreu o sinistro, sendo possível chegar até o objeto graças as câmeras instaladas em residências, bem como as câmeras da Semob.

O delegado informou que esta sendo montado um verdadeiro quebra cabeças para desvendar o crime, já tendo se chegado ao proprietário da motocicleta usada no assassinato.

As linhas de investigação são várias, segundo o mesmo delegado, que não descartou a participação de algum familiar na execução de Expedito Pereira.

Da Redação 
Do ExpressoPB

Deixe seu Comentário