As entrevistas dadas pelo ex-vereador Flavinho Feliciano tem provocado a ira do grupo liderado pelo prefeito de Sapé, Major Sidnei Paiva e a briga política vai caminhando para o vale tudo, o verdadeiro chute na canela.

Enquanto Flavinho concedia entrevista a Rádio Litoral Norte FM em Mamanguape descarregando uma série de críticas a gestão municipal de Sapé, nesta quarta-feira (28), o grupo do prefeito fazia festa com matérias jornalísticas dando conta de que o filho de Roberto estaria sendo denunciando pelo MP como suposto funcionário fantasma da CBTU.

A briga entre governistas e Feliciano deve protagonizar embates de alta voltagem, a depender da disposição dos Felicianos, representados nos últimos episódios por Flavinho.

Leia também: Críticas de Feliciano a gestão de Sidnei em Sapé provoca secretário a respondê-lo durante entrevista

Na Litoral Norte FM de Mamanguape, Flavinho não economizou nas críticas, voltou a criticar o atraso de salários de alguns servidores da prefeitura de Sapé e os gastos desnecessários com mídia por parte da gestão que realizou licitação no valor de R$ 30 mil e contratou empresa de João Pessoa para fazer a publicidade da prefeitura.

Flavinho voltou a taxar o prefeito de “Sidnews” e reafirmou que o gestor trabalha pouco, mas se exibe muito nas mídias sociais.

O ex-vereador sapeense disse que o prefeito tenta se apropriar das obras do Governo do Estado para dizer que são suas, a exemplo do asfalto anunciado por João Azevedo no distrito de Renascença, onde onde o prefeito esteve lá tirando foto para divulgar como se fosse esforço seu, segundo Flavinho.

O tema “Normandinho” veio a ser discutido no referido programa, onde os apresentadores questionaram a posição de moralista que o Major Sidnei adotou na campanha e recebeu como resposta de Flavinho que a posição moralista do Major era fake news.

“A população de Sapé se sente traída e decepcionada”, disse Flavinho para resumir a situação vivida por Sapé, na sua avaliação.

Da Redação Com o Expressopb

Deixe seu Comentário