Katia Daiane Silva - (Foto: Reprodução Sistema Arapuan de Comunicação)

O caso Katia Daiane Silva, que comoveu a Paraíba após ela ter afirmado aos microfones do programa Paraíba Verdade, da Rádio Arapuan, que achou uma bolsa com o valor de R$ 47 mil e ter devolvido ao verdadeiro dono, ganhou repercussão nacional após a produção da emissora receber denúncias e apurar a falsa narrativa criada pela suspeita, além da descoberta, por meio dos seus telespectadores, de outros crimes, dessa vez no Brejo no Estado, onde ela já havia aplicado golpe semelhante contra moradores da cidade de Bananeiras.

Após todo material apurado pela produção do Sistema Arapuan de Comunicação ser entregue a Polícia Civil da Paraíba, a Delegacia de Crimes de Defraudações, que tem como titular o delegado Carlos Othon, iniciou as investigações e constatou que a suposta boa ação, na verdade, era uma falsa trama criada por ela para sensibilizar a população da Paraíba e obter mais recursos de forma fraudulenta.

Com a publicização do caso pela emissora paraibana, o Portal UOL, do Grupo Folha de S. Paulo, deu destaque a falsa afirmação de Daiana ter recebido apenas R$ 100 ao devolver R$ 47 mil e sensibilizar a Paraíba. Já o G1 Nacional apontou a frieza dela, que forjou a história ao afirmar que era diarista e cobrava R$ 50 por faxina. Na TV o caso também ganhou destaque, onde Rede TV!, Record, Band, SBT e Globo também divulgaram a trama, dando ênfase ao golpe aplicado em Bananeiras, onde ela forjou a cirurgia de uma das filhas e arrecadar dinheiro.

Katia, segundo apuração da TV Arapuan, chegou a colocar batom vermelho no nariz da criança para fingir que era sangue, e inserir canolas no nariz, coladas com esparadrapo – como se tivesse tomando medicações. Na cidade localizada no Brejo do Estado, os moradores fizeram um bingo e ela arrecadou cerca de R$ 18 mil. Logo após ela desapareceu com a quantia, até reaparecer na cidade de Sapé.

Desdobramento
Katia, que confessou o crime, responderá por estelionato qualificado em prisão domiciliar. Ela passou por audiência de custódia e fará uso de tornozeleira eletrônica.

Deixe seu Comentário