O advogado e especialista em direito trabalhista, Paulo Esdras, falou nesta terça-feira (11) sobre o pagamento do abono salarial PIS/Pasep 2022.

Em entrevista a uma emissora de rádio, o professor explicou que para receber o abono é necessário ter um período de tempo de carteira de trabalho assinada.

“São dois programas de integração social que foram criados nos anos 70. Primeiro tem um requisito para preencher antes de pensar no valor. Tem que estar inscrito no programa PIS, que é da iniciativa privada, ou Pasep, que é da iniciativa pública, há pelo menos cinco anos. O que vai ser pago agora é referente ao ano de 2020. Neste ano de 2020, tem que ter carteira assinada”, explicou.

Os trabalhadores do setor privado receberão o PIS entre 8 de fevereiro a 31 de março pela Caixa Econômica Federal.

Os servidores públicos inscritos no Pasep devem receber o pagamento entre 15 de fevereiro e 24 de março pelo Banco do Brasil.

Da redação/ Com Paraíba Online

Deixe seu Comentário