Um requerimento, discutido e votado em sessão ordinária na Câmara Municipal de Jacaraú no dia 1⁰ de abril 2022, de autoria do vereador Odivaldo Francelino de Pontes Filho (França de Doutor-PSB) solicita ao Poder Executivo sobre a extensão do teto máximo de Adicional de Insalubridade de 40% para os garis do município, profissionais da área da limpeza pública.

Segundo o parlamentar, o adicional de insalubridade é um direito concedido a trabalhadores que são expostos a agentes nocivos à saúde. Há três graus: mínimo, que oferece adicional de 10%, médio (20%) e máximo (40%).

“Estou aqui na tribuna dessa casa reivindicando, solicitando o que a sociedade precisa. Hoje estou pra falar de dois requerimentos que apresentei a essa casa, que foi aprovado hoje por unanimidade, primeiro requerimento é o requerimento solicitando do poder executivo, que seja pago os 40% de insalubridade aos garis do nosso município. 

Nós sabemos o trabalho incansável que esses garis tem, o respeito que eles têm a sociedade de Jacaraú, o trabalho que tanto exige, no profissional de limpeza, que é os garis do nosso município, e nada mais justo do que a gestão pagar os 40% de insalubridade, porque nós sabemos que gari trabalha com lixo, lixo tem produtos químicos, lixo traz mal a saúde, e por esse motivo que é de direito, e de fato os 40% da gratificação dessa classe.

Espero que seja acatada, para que todos os garis de fato, venham receber esses 40%, nada mais do que justo a essa classe que tanto trabalha em nosso município, que tem tanto carinho e respeito, por nós cidadãos que está todos os dias nas ruas de nossa cidade, limpando e recolhendo os lixos”. Concluiu o vereador, França.

Acompanhe a sessão completa no link: https://fb.watch/ceWYxIksl3/

Da redação

Expresso PB 

Deixe seu Comentário