Três mulheres foram presas ontem (6), suspeita de furto qualificado (mediante fraude e concurso de duas ou mais pessoas) a um supermercado da cidade de João Pessoa. A prisão foi feita pela Polícia Civil da Paraíba, através da DCCPAT. Segundo a Delegacia de Roubos e Furtos da capital, os furtos contavam com a participação de uma funcionária do supermercado que passava carnes e produtos de valores elevados com código de registro divergentes, causando assim um alto prejuízo ao estabelecimento comercial.

As ações, segundo a Polícia Civil, aparentemente se iniciaram no mês de junho, quando começaram a ser observadas as diferenças no faturamento dos produtos. A estimativa de gerência do supermercado é que, até o momento, os furtos teriam causado um prejuízo superior a R$ 10.000,00. A Polícia Civil informou que continuará a investigação e já identificou a participação de outras pessoas no referido “esquema”.

Há suspeita de que o esquema acontecei deste o início de junho. A Polícia Civil deve seguir com a investigação.

Da Redação com ExpressoPB
e informações do PBAgora

Deixe seu Comentário